No aniversário do hexa corintiano, Rodriguinho relembra conquista

Há exatamente um ano, o Corinthians empatava com o Vasco por 1 a 1 em São Januário e garantia matematicamente o seu hexacampeonato brasileiro. Hoje um dos principais expoentes da equipe, Rodriguinho não era titular absoluto em 2015, mas deu sua contribuição para o título. Neste sábado, o meio-campista lembrou dos grandes momentos vividos na grande campanha alvinegra da temporada passada.

“O ano de 2015 vai ficar marcado na minha vida. Foi bastante especial por conta desse título. Grupo era muito bom, amigo companheiro, com a confiança lá em cima”, comentou Rodriguinho através de uma transmissão ao vivo feita através das redes sociais do Timão.

Jogador foi determinante em empate contra a Ponte que ajudou no título – Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

Jogador foi determinante em empate contra a Ponte que ajudou no título – Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

Mesmo sendo opção no banco do time de um meio-campo forte que tinha Elias e Renato Augusto, Rodriguinho estava no gramado em alguns jogos chave da conquista. No empate por 1 a 1 contra a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, foi de seus pés que saiu o salvador gol da igualdade nos minutos finais. No emblemático 3 a 0 sobre o Atlético Mineiro em Belo Horizonte, o atleta iniciou a partida como titular.

Quando perguntado pelos torcedores sobre os jogos que mais lhe marcaram na campanha, Rodriguinho não titubeou e logo relembrou os duelos contra Macaca e Galo.

“Para mim, especialmente, foi o jogo contra a Ponte Preta, que consegui fazer o gol de empate. Nos deu só um ponto, mas no momento foi muito importante. Um segundo jogo que eu destacaria foi contra o Atlético Mineiro, nosso rival na disputa, jogo difícil na casa deles, mas fomos lá e fizemos 3 a 0”, disse.

dv_corinthians_0-23-1024x683

Apesar da descontração pela lembrança do hexa, Rodriguinho também adotou tom mais sério e aproveitou para falar sobre a fase difícil vivida pelo Corinthians em 2016. E garantindo que todos no clube estão focados para conseguir uma vaga na Libertadores, o jogador pediu pelo apoio da torcida durante as partidas.

“Estamos em um momento de transição, um momento que não é fácil, mas gostaria de pedir à torcida o apoio, que acreditem na gente. Nós estamos brigando pela Libertadores, sabemos da importância que vai ser se classificar para ela e todos os jogadores, comissão e diretoria estão empenhados nesse objetivo. Esperamos que a torcida nos passe confiança e tranquilidade para que tudo dê certo. Se não estiverem satisfeitos, no final do jogo podem protestar a vontade, mas no jogo, pedimos o apoio”

Fonte : Gazeta Esportiva

Attachment

dv_corinthians_0-23-1024x683 Jogador foi determinante em empate contra a Ponte que ajudou no título – Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

Leave a Comment

(required)

(required)